Unidades: Moema e Bela Vista Central de Agendamento: (11) 5052-5995 (Seg. a Qui. das 8h às 19h | Sex. das 8h às 18h)

Como a genética ajuda no combate ao câncer

Como a genética ajuda no combate ao câncer
Autor(a): Clínica Oncocenter
Saiba mais

Cerca de 5 a 10% dos cânceres estão relacionados com a predisposição hereditária. A Oncogenética tem por objetivo identificar pacientes e seus familiares em risco para as síndromes de predisposição hereditária ao câncer, que predispõe os pacientes portadores a um alto risco de desenvolver tumores ao longo da vida. Essas síndromes se caracterizam pela ocorrência de vários casos de câncer na família, diagnóstico de câncer em idade jovem em comparação á população geral e ocorrência de tumores raros ou bilaterais. Com a avaliação do médico geneticista e do aconselhamento genético, é possível a identificação desses pacientes visando á prevenção e o acompanhamento clínico adequado, favorecendo o diagnóstico precoce e maiores chances de sucesso no tratamento.

O aconselhamento genético é indicado para pacientes que apresentam características pessoais e/ou familiares sugestivas de hereditariedade, como vários casos de câncer em familiares próximos, tumores em idade jovem (abaixo dos 50 anos) ou múltiplos tumores primários em um mesmo indivíduo. Em algumas famílias, as pessoas podem ter herdado genes que sofreram alterações, chamadas de mutações e por isso estão predispostos a um maior risco de desenvolvimento de câncer. Nessa avaliação, é feito inicialmente um levantamento do histórico pessoal de câncer do paciente e de todos os seus familiares, tanto do lado paterno quanto materno. Caso haja indicação, será oferecido ao paciente a opção de realizar o teste genético para confirmação diagnóstica. Antes e após realizar o teste genético, o paciente passa pelo aconselhamento genético, onde é explicado o que é o exame, como é realizado e a implicação dos resultados. Com esse teste é possível detectar quais os integrantes da família que herdaram a alteração genética e iniciar um acompanhamento preventivo. Identificando-se um portador de uma Síndrome de predisposição hereditária ao câncer, é possível adotar estratégias específicas para o acompanhamento desses pacientes.

O acompanhamento adequado a longo prazo é fundamental, com a realização de exames periódicos favorecendo o diagnóstico mais precoce de câncer, trazendo benefícios clínicos e psicossociais. Mesmo aqueles que já apresentaram câncer devem ser orientados a realizar o acompanhamento devido ao risco de desenvolverem novos tumores primários. Além disso, é possível a adoção de estratégias para redução de risco. São fornecidas ainda orientações sobre os riscos para os familiares e de transmissão aos descendentes.

Dra. Daniele Paixão Pereira é Oncogeneticista da Oncocenter

Quero conhecer a estrutura da Oncocenter

Agende uma visitaQuero saber mais sobre os serviços

Deseja agendar uma consulta?

SimNão

ONA

Endereços:

Moema:

Av. Indianópolis, 394 – Moema
São Paulo/SP – CEP: 04062-000

Bela Vista:

Rua Dona Adma Jafet, 74 – 3º andar - Bela Vista
São Paulo/SP – CEP: 01308-050

Telefones:

(11) 5052-5995
(11) 98529-1494
(11) 98529-1708

Conheça a Oncocenter

Quero conhecer a estrutura da Oncocenter

Agende uma visitaQuero saber mais sobre os serviços

Deseja agendar uma consulta?

SimNão